Oliveira

unidade_oliveira

Fundada no início da década de 80, a Fazenda São Paulo tem como diferencial um perfil moderno e atuante em todas as suas atividades. A fazenda  conta com três unidades e tem como marca o empreendedorismo e o sucesso no agronegócio com foco na tecnologia na responsabilidade social e no meio ambiente. Destaque para seu moderno sistema de gestão, diversificação e capacidade de gerar emprego e renda a Fazenda São Paulo I (Unidade Oliveira), situada às margens da Rodovia Fernão Dias, uma das estradas mais importante e modernas do Brasil, tem como destaque a cafeicultura e a suinocultura.

Veja como chegar

Atividades

Armazenagem de milho

A fazenda São Paulo possui unidade de armazenamento e balança rodoviária própria,  sendo sua capacidade de armazenamento de 200.000 sacas de milho. Esta estrutura garante a fazenda poder comprar milho de produtores da cidade de Oliveira e região. O milho armazenado é destinado a fabricação de ração usada na suinocultura e demais atividades da fazenda como para a pecuária e ovinocultura.

AREA 2AREA 1

 

Cafeicultura

A Fazenda São Paulo conta com uma área total de 1.900 hectares e tem a cafeicultura como atividade de destaque. Atualmente são cultivados cerca de 3.500.000 pés de café em uma área de 600 ha. A produção tem como foco os cafés especiais que se destacam pela área cultivada e qualidade dos seus produtos. Dentre as variedades de café cultivados pela Fazenda São Paulo, destacam-se catuaí, catucaí, mundo novo, iapar e o tradicional borbom amarelo. Com exceção ás sementes, que são adquiridas de produtores devidamente certificados as normas de produção, as mudas são produzidas em viveiro próprio sendo acompanhadas até o plantio.

 

A fazenda conta com estrutura para recebimento e benefício do café que chega da lavoura e tem como principais produtos o café cereja e natural. O café cereja é preparado por via úmida, com eliminação da casca e da mucilagem resultando no café despolpado. O café natural é preparado por via seca, nesse processo os frutos são separados das impurezas e pelos estágios de maturação, isso propicia uma secagem mais uniforme dos grãos.

 

Em ambos os processos é feita a pré-secagem em terreiros pavimentado. Após essa etapa o produto vai para a seca mecânica no qual a temperatura da massa não ultrapassa os 45C. A armazenagem antes do benefício é feita em tulhas secas e bem ventiladas. O café beneficiado é ensacado e armazenado na própria fazenda em um local que permite a conservação ideal do produto até a venda.

 

Com tantos cuidados na produção, a fazenda não deixa de pensar na responsabilidade social e ambiental. Por essa consciência a Fazenda São Paulo obteve os selos “Rainforest Alliance” sendo certificada pela Rede Agricultura Sustentável e “UTZ Certified” o qual é certificada pela própria UTZ. Estas certificações são responsáveis pela criação de um mercado transparente e aberto para os produtos agrícolas, chegando a serem os maiores programas de certificação de café do mundo. Através de detalhados códigos de conduta, esses programas oferecem garantias independentes de produção e fornecimento sustentáveis, conservação da biodiversidade, assim como a rastreabilidade do café até sua origem.

01020304

 

Eucalipto

Investindo no crescimento auto-sustentável a Fazenda São Paulo conta com uma área plantada de 300 hectares de eucalipto a qual tem sua produção voltada para venda de madeira, produção de carvão e consumo próprio principalmente no beneficiamento do café.

000200010003

Ovinocultura

A ovinocultura de corte bem como outras atividades da fazenda é conduzida por mão de obra especializada e de forma profissional. Tal especialização nos oferece um alto desempenho no manejo dos animais na estação de monta e garante altos índices zootécnicos como a taxa de prenhez e outros.

 

A fazenda conta hoje com um rebanho de 500 matrizes ½ sangue, oriundas de cruzamentos Santa Inês com as raças White Dorper, Dorper e Texel , 15 reprodutores dessas raças todos com procedência e genética totalmente apurada. Com foco na produção de cordeiros para abate, e feito um sistema de cruzamento dessas raças de aptidões diferentes denominado cruzamento tri-cross o que possibilita um incremento nos índices de crescimento dos cordeiros destinados ao abate e na qualidade da matéria prima para a indústria frigorífica.

 

Este seguimento do negócio vem obtendo destaque a cada dia e já se tornou mais uma alternativa para vários produtores rurais, como é o caso da fazenda. Com o aumento do consumo de carne ovina em açougues, grandes restaurantes e churrascarias como um produto nobre, aumentou também o interesse dos criadores em melhorar geneticamente seus animais e tornar o negócio mais lucrativo, pois a produção ainda é limitada.

20151119_083501 20151119_083613 20151119_083753 20151119_083607

Pecuária

Nesta unidade é mantido um plantel de cerca de 1.500 animais da raça nelore na modalidade recria e engorda. A principal fonte de alimentação dos animais é a pastagem natural que conta com manejo rotacional e tratamento a base de fertiirrigação (dejeto suíno) proporcionando alta capacidade de unidade animal (UA) por hectare.

 

Visando o melhoramento no aproveitamento da carcaça do rebanho, estrategicamente é feito o semi-confinamento, sistema que atualmente é muito utilizado em criações extensivas de bovinos, onde os animais são selecionados e incorporados em piquetes e recebem alimentação balanceada proporcionando uma terminação homogênea e ótimo acabamento do rebanho. Tudo isto aliado a um rigoroso controle sanitário, que garante definitivamente o produto para os mais exigentes mercados

20151110_13472420151110_13472120151110_13471420151110_134728

Suinocultura

Há mais de vinte anos a Fazenda São Paulo produz suínos com qualidade e devido a sua dedicação conquistou um lugar de destaque na atividade de suinocultura, que hoje é uma das principais atividades da fazenda. Através de uma atividade arrojada e empreendedora em 1987, juntamente com Agroceres Pic e DBdambred , desenvolveu um projeto de implantação da atividade na região. A partir daí a fazenda vem investido fortemente em tecnologia, genética e qualificação da mão de obra profissional e conta ainda com consultores renomados na área sanitária e nutricional.

 

A suinocultura utiliza o que há de mais moderno em tecnologia de produção de suínos. A Fazenda São Paulo conta, atualmente com 5000 matrizes o que os posiciona entre os cinco maiores produtores do Estado de Minas Gerais e entre os dez maiores produtores independentes do país. Em 100% do plantel e utilizada a inseminação artificial . Em todo o processo é mantida uma rigorosa disciplina de nutrição e manejo sanitário, o que rendeu à atividade o certificado do MAPA (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento) e a GSMD (Granja de Suínos com Mínimo de Doenças), certificado este que atesta a granja ser livre de pestes e doenças.

 

Preocupada com a conservação do meio ambiente a fazenda possui o que há de mais moderno no tratamento de dejetos suínos. Através de biodigestores o dejeto suíno é armazenado em células passando por um processo de decomposição, onde o gás metano é separado e usado no aquecimento dos animais de creche ou podendo ser queimado ou comprimido para gerar energia. A parte líquida desses resíduos é usada para a fertiirrigação de pastagens e lavouras de café e a parte sólida é transformada em adubo orgânico, através de um processo de compostagem. A fazenda conta com os melhores profissionais da região no controle e manutenção de nosso plantel, para que cada vez mais possa produzir  animais de alto desempenho buscando atender as necessidades de seus clientes.

011033022044